"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos" (Charles Chaplin)
Sexta-feira, 28 de Março de 2008
Conhecer o outro lado – “Jeová”

Este blog não têm temas muito interessantes, mas acho que se é um blog meu, têm que ter alguns episódios da minha vida, não estou com isto a dizer que a minha vida não é interessante, mas os mais interessantes não podem ser aqui expostos, por isso aqui vai mais um novo episódio.

 

Sou católico desde que nasci, assim quiseram os meus pais, e eu até à data nada disse em contrário (nem vou dizer, pelo menos por agora), mas no fim-de-semana passado tive o conhecimento de uma nova religião, a religião de Jeová.

 

A religião da minha querida Avó é diferente da minha, e no fim de semana passado ela ia ter uma “reunião/congresso/encontro” e gostava muito de ir, mas não tinha boleia aí surge a boa vontade aqui do neto e lá prometeu à Avó a boleia necessária.

 

Então pensei, se vou levar a minha Avó e vou ter de esperar, porque não entrar e conhecer esta religião, é claro a minha Avó nada opôs e ficou o dobro de contente.

 

Entramos mais cedo e lá dentro uma sala perfeitamente normal a uma qualquer outra, apenas com uma zona destacada preenchida por um microfone e um pequeno placar com uma frase bíblica.

 

Depois de ocupar o nosso lugar os 20 minutos seguintes foram passados a apreciar a sala, as pessoas e a ser cumprimentado com um aperto de mão, por toda a gente que ia chegando e mais o que lá estavam, por momentos pensei, eles pensam que eu sou o “Salvador ou o Messias”, mas estava enganado, é apenas um hábito deles, serem cordiais e simpáticos com toda a gente.

 

A cerimónia começa e lá estou eu no meio de um belo cântico, depois um pessoa normalmente vestida dirigiu-se ao palco e discursa por meia hora,  sobre a morte de Cristo e salvação que isso nos trouxe, explicando o tema com uma analogia, e sempre comparando-nos a um DVD, os vírus e os antivírus e blá, blá, blá.

 

No final do discurso, eis que se dá outra cerimónia característica, a passagem de um pão e de um copo de vinho pelos presentes, sem que estes possam matar a fome e a sede, apenas passa pela nossa mão, de seguida outro cântico termina a cerimónia e é chegada a hora de deixar a sala, ainda reparo que a sala estava cheia, com homens e mulheres de todas as idades.

 

 A viagem de regresso a casa foi a matar a minha curiosidade a muitos outros pontos desta religião, sempre a comparar com a religião católica.

 

Concluindo, ainda não estou totalmente convencido qual a religião ideal, mas para já vou ficar com a minha, que é única e não aceita mais leigos, pois foi criada por mim e para mim, é muito exclusiva.

 

Até breve com mais e melhores aventuras, prometo.

 

RT - 179



publicado por R T às 22:57
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 23 de Março de 2008
Enigma

Queria deixar mais um desafio aos meus visitantes, enquanto preparo o novo post, sobre uma nova experiência que tive este fim de semana.

 

Então aqui vai ...

 

 

 

O pai do padre é o único filho do pai do João. Quem é o João para o padre?

 

 

 

Aguardo a vossa resposta..

 

 

RT - 156

 

A resposta correcta é :

O João é Pai do padre.

Parabéns ao meu amigo presidente, que puxou pela sua inteligência e conseguiu acertar.



publicado por R T às 22:09
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 18 de Março de 2008
Aventura não recomendada
À dias tive uma aventura não recomendada, era necessário deslocar-me para Chaves e não pretendia levar o meu carro então só tinha duas hipóteses, ou ia de autocarro ou então ia a pé.
 
Como podem imaginar não fui a pé, e aventura começou no dia anterior, foi necessário ligar para várias empresas de transportes e tentar arranjar horários compatíveis para “rapidamente” chegar ao meu destino.
 
Para vos situar o único expresso directo Leiria-Chaves partia às 12:30, ora a essa hora já o dia ia a meio, por isso não servia, então há que arranjar novas soluções.
 
A escolha levou-me a partir de Leiria às 07:15, com destino a essa grande cidade que é o Porto e lá começou a correria, sempre a 89 km’s/h , primeira paragem em Coimbra para tomar um café e “comprar” um jornal gratuito, no meio da confusão há passageiros que saem e outros que entram, destinam que se cruzam por breves instantes e rotas que seguem o seu caminho dia à dia.
 
Esta não é uma experiência nova para mim, pois no decorrer dos tempos da universidade fiz este trajecto durante 3 anos, quase todas as semanas e aí teria muitas aventuras para contar, mas passados 7 anos parece que nada evoluiu neste serviço, ou melhor acho até que regrediu, pois se antes os autocarros circulavam quase cheios, agora a sexta feira já não é sinónimo de confusão por estes lados, por outro lado os autocarros são os mesmos, mas em pior estado.
 
Uma hora já tinha passado e a viagem ia recomeçar, o tédio é muito e dormir não é possível naquelas condições, por isso o meio e a paisagem foi objecto de uma cuidado atenção.
 
A sinfonia continuava com a mesma musica (barulhos ensurdecedores provocados pelo próprio autocarro), o relógio marcava 09:55 e eu sabia que tinha uma ligação às 10:00 horas a 3 quarteirões da estação do Atlântico na Batalha, mas ainda não tínhamos chegado, a ansiedade pela paragem do autocarro era tanta que em desespero levou-me a pedir ao motorista para me deixar sair à porta da garagem, a muito custo ele acedeu, mas o relógio já marcava 10:00, mas como sou uma pessoa que não me deixo desistir assim tão fácil, desatei a correr pelas ruas do Porto até às instalações da RodoNorte, na esperança que um atraso da partida do autocarro, me desse um lugarzinho, mas ao virar da ultima esquina, lá estava a traseira do dito autocarro em movimento e já inalcançável.
 
Era quase hora de abrandar a corrida, mas ainda havia esperança de este parar num semáforo que existia logo de seguida, mas não, esse semáforo não estava do meu lado e por fim a corrida parou e esperança evaporou.
 
Só me restava recuperar o fôlego e caminhar até à avenida dos aliados, lugar mítico da cidade, aí decidi sentar-me um pouco para apreciar a cidade e fazer um lanche ali mesmo.
 
Mas a viagem não tinha terminado e sabia que teria que arranjar nova ligação para o meu destino, e sabia que tinha pelo menos 3 companhias de transportes com ligação possível, estava na hora de uma ronda pelos escritórios destas companhias.
 
11:00 era o novo horário de partida, e lá estava eu, mas desta feita sabia que só iria até Vila Real, chegada prevista às 12:30, depois seria hora de procurar aquela que seria a ultima ligação.
 
Sem pressas a chegada a Vila Real foi feita dentro do horário previsto, e a nova ligação só seria 1 hora depois, por isso novo passeio e novo lanche, mas desta feita numa cidade diferente, mais pobre e de gente mais humilde.
 
Finalmente entro naquele que seria a minha ultima ligação que ligava 2 cidades deste Portugal tão grande.
 
Sete horas depois chegava ao destino ……… sim sete horas.
 
Resumindo, fiz uma excursão pelas terras e caminhos que tão bem conheço, no bolso fiquei sem 25 euros (mesmo assim menos dispendioso que a viagem poupada do meu carro), mas a minha principal perda são as 7 horas perdidas nesta viagem e a paciência esgotada até ao limite, mas cheguei e os ecológicos vão dizer que a poluição foi muito menor, blá, blá, blá, a minha carteira agradece e depois de outros sete anos sou capaz de voltar a fazer nova viagem.

Depois dessa viagem tive ainda 2 experiências muitos tristes e uma delas muito única, mas não vou poder contar aqui, uma foi o motivo que me levou nessa sexta feira à minha terra e a outra foi uma ajuda que tive que dar num trabalhinho !!!!!

RT - 145



publicado por R T às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 13 de Março de 2008
"A Pior doença do mundo"

 

 

 

 

 

Sem comentários

 

 

RT - 127



publicado por R T às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 9 de Março de 2008
O pôr do sol de hoje 09-03-2008

Há alturas na vida que paramos por qualquer motivo, ou porque a vida nos obriga a isso mesmo. E depois o que fazemos ?

 

Sim, começamos a reflectir mais naquilo que nos rodeia, no que é a nossa vida, no que foi até então e no que será.

 

Então o que é ela ? Da minha posso dizer que não tenho muita queixa,  embora não tenha tudo com que sonho, mas se já tivesse tudo aquilo com que sonho o que seria o meu futuro,  qual seria a ambição a ter?

 

Sei que há vidas melhores, há vidas piores mas não quero comparar a minha com nenhuma delas, só quero é vive-la o melhor que posso e tentar concretizar objectivos, sonhos e ultrapassar o momentos maus que a vida nos vais apresentando.

 

Olhando para trás e confrontados com o que mudaríamos na vida, caso tivéssemos oportunidade disso, só mudaria uma coisa, questões de saúde de família e amigos, porque tudo o resto ajudou a formar o carácter da pessoa que sou.

 

Muitas vezes penso o que faria se ganhasse o Euromilhões,  uma das primeiras coisas seria colocar um pouco de justiça na vida de alguns que me são muito queridos, poder dar a oportunidade de ter cuidados de saúde melhor, de lhes apresentar Portugal e o Mundo de lhes concretizar os sonhos. Não sou um Deus nem um Santo, é claro que também iria concretizar todos os nossos sonhos (calma isto não se estende a todos os cibernautas que visitam este blog, mas apenas a uma).

 

Vamos fixar os pés no chão novamente e continuar a lutar nesta vida a sério, ou não!!!

 

Queria deixar aqui um desafio, se tivéssemos que comparar a nossa vida com outra coisa qualquer, com o que é que vocês comparavam a vossa vida?

 

Estava aqui a pensar, se deixei o repto, tenho que dar o 1º exemplo, então aqui vai...

 

Não pensei muito mas ocorreu-me comparar a minha com uma árvore, devem estar a rir-se, foi o que eu fiz, mas pensando bem até não parece muito mal, ora vejamos:

 

Nasce de uma pequena semente, vai crescendo, ramificasse, passa pela adolescência , depois é adulta, dá flores e frutos, sobrevive a bons e maus ambientes e muito muito mais, senão tentem esta analogia com a vossa vida.

 

Mas estou ansioso por ver outras ideias dadas pelos cibernautas.

 

É costume deixar sempre uma ilustração nos meus post's , mas hoje fica a ilustração do que é um pouco da minha vida, há muitas outras coisas a falar desta vida, mas por ora ficamos por aqui.

 

Rui Teixeira - 111 

 

 



publicado por R T às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 6 de Março de 2008
Princesa

Sei que nestes últimos dias não tenho grande inspiração para escrever ( não sei se alguma vez tive), mas estes últimos dias têm sido diferentes.

 

Ausências, notícias, estados de espírito , tempo, trabalho tudo têm proporcionado a falta de inspiração, mas espero tudo isto passar (pelo melhor) e voltar a dias melhores.

 

Hoje quando voltava do trabalho, a minha cabeça era inundada com tanta coisa que até fiquei "besbilico " (um dia explico o significado desta palavra), mas de repente começo a ouvir uma musica que me enche o espírito e pensei, esta letra encaixa mesmo na minha vida e acho que devo partilha-la no meu blog.

 

Por isso para vocês pode ser só mais uma musica, mas há uma pessoa que vai de certeza reconhecer-se nesse lugar.

 

Ai que saudades.....

 

  

 

 

 

Recomendo o blog de 2 aventureiros que não conheço, mas aprecio a iniciativa deles e estou a acompanhar diáriamente esta bonita aventura.

 

http://ateondevaiscom1000euros.blogspot.com/

 

 

RT - 96

 

 

 



publicado por R T às 19:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 4 de Março de 2008
Desabafo

 

 

Hoje apetece-me dizer tanta coisa, mas ao mesmo tempo as palavras não estão a sair, quero daqui mandar um grande abraço para todos os cibernautas que me visitam neste endereço, sem querer privilegiar ninguém queria destacar os visitantes dos Estados Unidos,

 

 

sei de fonte segura que não é a CIA nem o FBI, mas tenho um palpite sobre a identidade do (s) Visitante (s).

 

Por hoje não consigo algo mais interessante , a cabeça também não deixa pensar..........

 

Volto em breve com mais inspiração.

 

RT - 92 

 

  



publicado por R T às 21:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 1 de Março de 2008
Simplesmente ESPECTACULAR - CAMARADAGEM

Podia estar aqui com muitos adjectivos para definir o que é camaradagem, mas este vídeo diz tudo.

 

 

 

 

Se viram até ao fim vão compreender as minhas palavras, já vi este vídeo umas 10 vezes, mas não paro de me arrepiar com a coragem e com a CAMARADAGEM destes homens, um exemplo de coragem lusitana, para o mundo.

 

 

Rui Teixeira - 71



publicado por R T às 12:44
link do post | comentar | favorito

O dono do blog
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Pôr do SOL recente

Recordar é viver - aos me...

A minha operação - parte ...

Operação ao nariz - PARTE...

A minha operação ao nariz...

Airbus 340-600

Piratas do Caribe 4 - Tra...

A anedota do PAI espertal...

Alto Minho - Férias da Pa...

Ai que bom !!!!! hum hum ...

Serviço publico - Novos s...

arquivos

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds